“font-weight: 400;”>Ao pesquisar por novas formas de otimizar as vendas e melhorar o relacionamento com os clientes, é comum que empreendedores se deparem com soluções de marketing digital.

A opção pelas estratégias digitais se consolidam cada vez mais, principalmente em um cenário no qual 90% dos consumidores brasileiros realizam pesquisas online antes de efetuarem uma compra.

Ainda que a escolha seja considerada por muitos empresários, é comum que haja algumas dúvidas sobre como fazer marketing digital e o que esperar da estratégia.

Inicialmente, é importante ver o marketing digital como um gerador de oportunidades de negócios, principalmente para geração de leads (ou contatos). Para alcançar os resultados desejados, entretanto, é necessário definir adequadamente as soluções adotadas e executá-las corretamente.

Abaixo vamos explicar como o marketing digital ajuda nas vendas abordando alguns pontos importantes da solução.

1. Baixo investimento 

O primeiro benefício gerado pelo marketing digital é que ele tem um custo mais acessível do que estratégias offline, como TV, rádio e impresso. É possível consolidar uma presença online, mesmo que a empresa tenha um orçamento baixo.

Mesmo que o investimento seja reduzido no início, é possível identificar as ações que são mais vantajosas para o perfil de negócio e assim obter um ROI (Retorno sobre o Investimento) maior do que em opções que exijam um investimento maior.

Para que a estratégia possa ser explorada de forma positiva pela empresa, indica-se conhecer um pouco das soluções realizadas, seja marketing de conteúdo, SEO, mídias sociais ou links patrocinados, por exemplo. Também é possível optar por uma agência terceirizada, garantindo o profissionalismo das ações desenvolvidas.

2. Comunicação segmentada

O marketing digital permite que toda a estratégia seja segmentada de acordo com as características do público e sua fase no funil de vendas, e isso inclui quais plataformas digitais ele usa.

É muito comum que ao iniciar uma solução digital, por exemplo, atribua-se mais valor a ter uma fanpage no Facebook do que outras práticas. Entretanto, o Facebook só é uma mídia relevante para a empresa se ela identificou que parte dos consumidores da marca usam esse canal, incluindo para relacionamento com empresas.

O diferencial do marketing digital é justamente que ele possibilita que a empresa identifique quais as preferências dos clientes e passe a desenvolver estratégias de acordo com essas características.

Além de encontrar o cliente online, é possível segmentar campanhas considerando o perfil da persona, as pesquisas que ela realiza e como ela prefere consumir as informações que a empresa tem a oferecer.

Assim, a empresa consegue se comunicar com o público desejado e ser relevante por compreender as necessidades dele. Também evita que recursos sejam destinados a criar relacionamento com pessoas que não têm o perfil de compra desejado.

3. Produção de conteúdo

A produção de conteúdo é uma das bases do marketing digital, sendo uma estratégia essencial para quem deseja aumentar a presença online e gerar mais oportunidades de vendas.

Os benefícios gerados pela estratégia são vários. Inicialmente, é possível aumentar a relevância do site nos mecanismos de busca, como o Google, fazendo com que mais usuários interessados nas soluções da empresa encontrem o site e as páginas de conteúdo.

Quando o conteúdo é associado com boas práticas de SEO, como escolha de palavras-chave, linkagem, otimização de imagens etc, essa relevância pode influenciar em um bom ranqueamento do site e das páginas nas ferramentas de busca, aumentando o tráfego qualificado do site.

Diferentemente de outras estratégias, que quando encerradas param de dar retorno, o conteúdo produzido e publicado torna-se um ativo permanente da empresa e pode continuar gerando tráfego e relevância mesmo muito tempo depois.

A autoridade de marca é outro benefício possível com a produção de conteúdo de qualidade. Quando produzidos textos interessantes para o público-alvo, seja no conteúdo ou no formato escolhido, os materiais mostram que a empresa tem conhecimento sobre o tema, destacando-a entre os consumidores e concorrentes.

Por fim, o conteúdo é uma alternativa que permite que mais clientes interajam com a empresa e tornem-se promotores da marca de forma espontânea. Um conteúdo aprofundado e relevante, por exemplo, pode circular pelas mídias sociais e gerar mais tráfego ou receber comentários melhorando o relacionamento entre empresa e clientes.

4. Audiência qualificada

A comunicação segmentada permite que haja uma elevação na qualidade da audiência, pois apenas pessoas com o perfil para comprar terão interesse em consumir os conteúdos sobre o tema e interagir com a marca.

A audiência qualificada gera mais relevância, resultando em autoridade de marca e destaque frente aos concorrentes. Outro benefício gerado é a diminuição de gastos com uma comunicação ineficiente ou que atinja públicos desqualificados para a proposta da empresa.

Além de atrair um público mais qualificado em uma conversão inicial, a empresa precisa continuar qualificando os leads para que eles efetuem a compra, mas também para agregar valor à experiência com a marca.

Nesse sentido, uma área de customer success e um relacionamento posterior ao negócio fechado são fundamentais para manter uma audiência qualificada engajada.

5. Análise de dados detalhada

Estratégias de marketing offline são conhecidas pela limitação das possibilidades de mensuração. Um comercial de televisão, por exemplo, não permite determinar com precisão quantas pessoas foram impactadas e quantas vendas foram geradas.

Já nas campanhas online, a capacidade de mensurar e analisar os resultados é imensa, possibilitando que quase todas as informações sejam acompanhadas de forma detalhada.

Com a mensuração e análise dos dados sobre acesso, conversões, tempo dedicado às páginas, conversões dentro do funil de vendas, ROI etc, é possível aprimorar e otimizar as campanhas, além de conhecer com mais exatidão a jornada de compra do cliente, podendo realizar melhorias na estratégia digital.

Identificar as ações que não têm gerado os resultados esperados também representa uma forma eficaz de melhorar as campanhas realizadas, pois evita que a empresa desperdice investimento com o que comprovadamente não tem dado retorno.

Assim a empresa pode focar os investimentos em soluções mais eficientes, personalizadas e que gerem retorno real para o negócio.

vindi