Entrando no quarto mês de quarentena, os resultados se mostram promissores para a economia. Na análise do Vindi Insights de hoje, detectamos que apenas três segmentos continuam em queda. E, desses, os impactos se mostraram mínimos ou com um motivo plausível, como é o caso do setor Fitness. 

Como você já viu por aqui, empresas que já possuíam uma natureza digital e utilizavam a cobrança recorrente se mostraram resilientes nos primeiros meses de crise. E, segundo dados do PitchBook, a pandemia também foi uma prova de que os que investiram e Product Led Growth conseguiram ter uma “arma secreta” durante a desaceleração econômica. 

  • Antes da pandemia do novo Coronavírus impactar o mercado, os índices PLG de SaaS da OpenView evoluíam em níveis similares;
  • Após 4 meses de uma crise global sem precedentes, as empresas SaaS começaram a reagir. Enquanto isso, ao mesmo, tempo os negócios voltados para PLG estão sendo avaliados em quase o dobro do múltiplo de faturamento inicial.
  • Empresas SaaS com estratégia PLG conseguem crescer em momentos de dificuldade e têm fit natural com a recorrência.

Insights COVID-19

 

Becnh Profitwell: insights do mercado SaaS

Para fazer essa comparação de mercado, levamos em conta o B2B SaaS Index, que é um índice da Profitwell para o desempenho de empresas SaaS que, na maioria, utilizam a cobrança recorrente. 

Crescimento do setor SaaS

Nos últimos 30 dias (terminados no dia 26/6) o índice Profitwell teve alta de 5% sobre os 30 dias anteriores. Considerando apenas  o TPV, a Vindi teve performance um pouco abaixo do setor, crescendo apenas 0.4% no mês atual (até o dia 28). Mas, mesmo assim, os números são animadores.

Resiliência do modelo de recorrência SaaS:

Como já dissemos algumas vezes, o setor SaaS possui uma grande vantagem em relação aos demais segmentos. Isso porque, além de sua natureza digital, o segmento tem suas vendas baseadas na recorrência, o que possibilita um crescimento mesmo em tempos de crise.

Apesar do crescimento do setor SaaS ter estacionado entre Março e início de Abril, foi possível notar a retomada a partir de meados de Abril.

Insights Gráfico Profitwell

Insights gerais: analisando o TPV

Outro segmento que está fazendo bonito, mesmo durante a crise, é o E-commerce. No Brasil, o setor conseguiu superar os números de 2019 sobre o Dia dos Namorados (mesmo durante uma pandemia). Segundo dados Compre & Confie, o crescimento foi de 113% na quantidade de transações em 2020, quando comparamos com o mesmo período do ano passado.

Na Vindi, também conseguimos notar um aumento significativo de TPV (valor total processado) dos nossos clientes no mês de Junho. Quando comparamos o mesmo período deste ano com 2019, o crescimento do TPV da nossa base de e-commerce foi de 56%. 

Apesar do setor ter apresentado algumas oscilações durante os meses de pandemia, a tendência é que a compra online conquiste de vez os brasileiros, consolidando as vendas via e-commerce mesmo no período pós-crise.

TPV última semana Junho

Análise do TPV na Vindi

No mês de junho, tivemos um crescimento de +0,4% em relação a Maio. Entretanto, o crescimento do comparativo semanal entre os dias 21/06 à 27/06, com o mesmo período do mês anterior, foi de +10%.

Mas, quando falamos do número de transações entre os períodos, houve uma queda de -4%. Isso significa que, apesar do número de transações estar menor, o valor gasto em cada compra aumentou. 

Insights gráfico TPV semanal
TPV semanal Vindi: comparativo semanal em relação aos períodos equivalentes do mês anterior

Junho iniciou com TPV abaixo dos valores medidos em maio, mas mostrou recuperação a partir da terceira semana.

Insights dos principais segmentos

Clube de Assinaturas -30,3%

Contrariando os ótimos resultados do início da pandemia, o TPV dos Clubes de Assinatura continua em queda pela terceira semana consecutiva, chegando a -30,3% no comparativo entre a última semana de Junho e Maio.. O “boom” de crescimento do setor logo no início da crise pode ser o motivo dessa diminuição gradativa na performance dos Clubes de Assinatura.

Gráfico Clubes de Assinatura

Fitness -14,3%

Sem surpresas, o segmento Fitness segue em queda na última semana de Junho, quando comparado com o mesmo período de Maio. O setor foi um dos mais impactados com as medidas de restrição impostas pela pandemia, o que causou grande que no TPV desde o início do isolamento social. No comparativo entre os dias 21/06 à 27/06 com os dias 21/05 à 27/05, a queda foi de -14,3%.

Gráfico Fitness

E-commerce -1,0%

O segmento permaneceu relativamente estável, tendo uma queda de apenas -1,0% no comparativo entre os dias 21/06 à 27/06 com o mesmo período de Maio. Apesar da diminuição do TPV do setor, a aposta é que ele continue crescendo, mesmo após o término da quarentena. É importante ressaltar que o segmento estava em alta nas semanas que antecederam o Dia dos Namorados, o que pode explicar a diminuição nessa análise. 

Insights Gráfico E-commerce

Estética e Beleza +6,1%

Quebrando a tendência de queda verificada no início de Junho, o segmento de Estética e Beleza volta a mostrar os indícios de crescimento já vistos no mês de Maio. Conforme análise feita pelo núcleo de startups do Google, o consumidor tem dobrado as buscas por palavras chave relacionadas a beleza durante a quarentena. Além disso,  as empresas do segmento que conseguiram adaptar seus modelos de negócios para atendimento a domicílio e delivery surfaram durante o período de isolamento. Na Vindi, o crescimento do setor foi de +6,1% no comparativo entre as últimas semanas de Maio e Junho.

Gráfico Estética e Beleza

Educação +35,1%

O segmento de Educação continua crescendo, mostrando que o e-learning está ganhando cada vez mais o seu espaço no dia a dia dos brasileiros. Parte desse crescimento pode ser associado às novas iniciativas que o setor têm buscado para atrair mais alunos. Pensar fora da caixa é fundamental para que as empresas consigam adaptar seu modelo negócios a nova realidade que estamos vivendo. Com isso, Educação apresentou um aumento de TPV de +35,1% no comparativo entre os dias 21/06 à 27/06 e o mesmo período de Maio. 

Insights Gráfico Educação

SaaS +58,1%

Em crescente recuperação, o segmento SaaS mostrou um crescimento de +58,1% no comparativo entre os dias 21/06 à 27/06  com o mesmo período de Maio. Além de sua natureza digital e fit com a recorrência, que tornam SaaS um dos segmentos mais resilientes perante a crise, a adoção de estratégias de PLG têm ajudado as empresas crescerem cada vez mais. 

Insights gráfico SaaS

Mais insights sobre SaaS

Em um momento onde a maioria das empresas também está atuando de digital, porque os SaaS ainda são os mais resilientes? O que faz desse segmento tão resistente à crise e muito usado durante a pandemia? Para você conseguir compreender mais sobre o mercado SaaS e descobrir as estratégias do setor, o insights de hoje para você é fazer o download gratuito do maior estudo sobre SaaS do Brasil! É só clicar aqui ou na imagem abaixo!