A 92º cerimônia do Oscar aconteceu no último domingo (9), cercada de surpresas e dando o que falar. Essa foi a primeira vez na história que uma produção não falada em língua inglesa levou a estatueta de melhor filme! Mas a Netflix também fez história: nenhum estúdio foi mais indicado que a plataforma de streaming.

Além disso, ficou claro que o caminho tomado pela Netflix nos últimos anos só alavancou a marca: foram 24 indicações em 2020, contrapondo 14 em 2019, 8 em 2018 e nenhuma em 2013, sete anos atrás.

O que será que a recorrência tem a ver com isso?

Uma produção original Netflix

Coincidências à parte (ou não), o investimento em produções originais despertou ainda mais o interesse do público pela plataforma, já conhecida pelo vasto catálogo de filmes e séries.

Da mesma forma, estima-se que 85% do orçamento anual da Netflix esteja concentrado em produções originais esse ano.

Desde 2016, quando os investimentos em produções exclusivas começaram a disparar, as indicações para a corrida das estatuetas de ouro triplicaram em apenas 2 anos.

Em 2020, com a marca histórica de 24 indicações, foram 8 filmes emplacados e um recorde histórico para a Academia.

Indicações

Além dos filmes indicados, a Netflix entrou na disputa do Oscar com documentários e séries:

  • A Vida em mim, indicado para Melhor Documentário de Curta-metragem
  • Indústria Americana, indicado e vencedor para Melhor Documentário
  • Democracia em Vertigem, indicado para Melhor Documentário
  • Perdi meu corpo, indicado para Melhor Animação
  • Klaus, indicado para Melhor Animação
  • Dois Papas, indicado para Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante
  • História de um Casamento, indicado para Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Original e Melhor Trilha Sonora Apenas Laura Dern levou a estatueta de atriz coadjuvante
  • O Irlandês, indicado para Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Montagem e Melhores Efeitos Visuais

O Irlandês foi uma das maiores surpresas da noite, já que recebeu 10 indicações e não levou nenhuma estatueta para casa.

oscar-e-netflix
Diretores de “Indústria Americana” discursam após vitória do longa como melhor documentário no Oscar 2020 – Mark Ralston/AFP

Netflix e a recorrência: o segredo de um negócio sustentável

Mesmo que o final da noite não tenha sido tão promissor para a gigante de streaming, a empresa se orgulha das indicações que recebeu e do caminho que está trilhando.

A mudança de mindset chegou aos olhos da Academia e do público também. E grande parte dessa transformação é resultado da nova cultura que a Netflix propôs.

Facilitar acessos, apresentar um modelo de pagamentos sustentável (olha a recorrência aí) e apostar na exclusividade como prioridade para alcançar os públicos mais resistentes.

A economia da recorrência transformou a Netflix de um simples serviço de streaming para uma máquina de produção em larga escala.

Assinando mensalmente, por um preço acessível e cobrando automaticamente de cada cliente, o que era apenas uma aposta se tornou um dos maiores cases do mercado quando o assunto é democracia do acesso. Nós já escrevemos sobre isso aqui.

Além disso, temos um e-book exclusivo sobre como faturar no modelo Netflix. Você pode baixar gratuitamente clicando aqui.

Na Vindi, nós acreditamos que a economia da recorrência pode ajudar a sua empresa a crescer de forma sustentável e contínua.

Nós temos a plataforma mais robusta do mercado para que você consiga gerenciar seus pagamentos, fazer cobranças recorrentes, enviar boletos automaticamente e automatizar a área financeira do seu negócio.

Clique no banner abaixo para falar com um de nossos consultores comerciais e aposte na economia da recorrência para te ajudar a vender mais e sempre!banner para contato comercial na Vindi