Como precificar planos para academia sem erro?

Precificar planos para academia pode ser um momento crítico para empresários que investem no ramo fitness, principalmente os que acabaram de entrar nesse mundo. Não se trata de uma tarefa fácil e é preciso muita dedicação e atenção aos detalhes nesse momento.

Muitos acabam tomando como base a tabela de preços de outras academias ou em contas simples (como calcular o volume de receita necessária para cobrir as despesas). Contudo, o processo de precificar planos para academia é muito mais complexo e importante do que simplesmente basear seus valores a partir do que a concorrência aplica.

Outro erro que pode acarretar grandes prejuízos a longo prazo (até mesmo a inviabilização do negócio), é a redução dos preços quando há forte competição.

Pensando nisso, listamos aqui tudo o que você precisa saber na hora de responder a seguinte pergunta:

“Como precificar planos para academia de forma correta?”

1. Registre todas as despesas

Antes de mais nada, organize e registre toda e qualquer despesa referente a sua academia. Nesse momento, é fundamental que você saiba todos os custos decorrentes, como:

  1. Folha de pagamento, férias e bonificações;
  2. Aluguel do estabelecimento;
  3. Despesas comuns (água, luz, gás, materiais de limpeza e de escritório);
  4. Manutenção dos equipamentos;
  5. Serviços contratados (internet e marketing).

Por exemplo:

Cada uma deverá ser devidamente registrada, mesmo que sejam valores pequenos (como produtos e equipamentos para limpeza). Afinal, é preciso garantir que seu lucro seja suficiente para cobrir todas as despesas e você não tenha prejuízos no final do mês.

Essas despesas representam os gastos totais do seu empreendimento. Logo, é preciso saber identificar (e contabilizar) cada uma delas para não entrar no vermelho e precificar planos para academia de forma assertiva.

2. Tenha uma margem de lucro segura

Margens de lucro variam de um negócio para outro. Na hora de precificar planos para academia, alguns empreendedores apostam em valores acima de 20% sobre o total das despesas, outros apenas 10%. De qualquer maneira, é preciso calcular a média total de gastos para saber qual será a sua.

Se sua academia tem um valor de R$ 45.000 (conforme exemplo na tabela acima) em despesas mensais, é preciso que sua margem de lucro esteja, pelo menos, 10% acima dessa quantia (ou seja, R$ 49.500). Afinal, arrecadar esse valor exato não gerará nenhum lucro.

Uma vez que a conta estiver feita (com todos as despesas inclusas), você pode escolher a porcentagem da sua margem de lucro. Assim, você saberá quantos clientes precisará ter para que seu planejamento dê certo.

Contudo, é importante ficar atento e estar preparado para imprevistos quando for precificar planos para academia, como alunos inadimplentes ou sazonalidade.

Preço médio ideal

Uma vez que você souber a capacidade operacional do seu estabelecimento, trabalhe com uma margem de segurança. Por exemplo, sua academia suporta até 400 clientes, então você pode dividir esse valor pela receita esperada da seguinte maneira:

  • Clientes: 400;
  • Receita esperada: 50 mil.

Divida a receita esperada pelo total de clientes: 400 ÷ 50.000 = 125. Assim, o preço médio ideal da mensalidade será 125 reais. Lembre-se: o valor da sua academia precisa estar ligado ao seu posicionamento. Evite cobrar preços abaixo do que é cobrado pela concorrência e procure manter-se competitivo.

Não se esqueça de levar em consideração que 10% dos seus clientes poderão se tornar inadimplentes. Logo, seu total de alunos cairá para 360. Repita o cálculo considerando a taxa de inadimplência e o valor da sua mensalidade será de, aproximadamente, 140 reais.

[bctt tweet=”Os métodos de pagamento que você oferece aos alunos de sua academia afetam as taxas de renovação e inadimplência.” username=”vindibr”]

3. Conheça seus concorrentes

Para precificar planos para academia de forma assertiva, saiba quais são as estratégias dos seus concorrentes, tanto valores cobrados quanto serviços e planos ofertados. Dessa forma, você poderá criar uma tabela de preços mais competitiva.

Por exemplo: a mensalidade do concorrente A é 110 reais e a sua é de 125 reais, porém se você reduzir seu valor, terá prejuízos. Então, você pode:

  1. a) aumentar os serviços ofertados e o valor agregado para justificar seu preço ou;
  2. b) reduzir seus custos fixos (aluguel, despesas comuns e serviços contratados).

Se um concorrente cobrar um valor muito acima do seu (150 reais, por exemplo), você pode elevar sua margem de lucro. Assim, sua academia ainda terá planos mais baratos e mais atrativos.

Outra dica importante é analisar a percepção que os clientes de seus concorrentes têm de seus serviços (se possuem qualidade e se acham que o valor cobrado é justo). Essa é uma boa maneira de levantar indicadores para traçar estratégias e, até mesmo, elaborar planos promocionais.

Mas lembre-se: não copie os mesmos métodos, apenas tome-os como base para traçar seu próprio planejamento.

4. Público-alvo e localização

Conhecer seu público-alvo também é muito importante na hora de: precificar planos para academia, escolher a localização do seu estabelecimento, posicionamento e serviços ofertados.

Uma vez que você conhecer o perfil completo de quem serão seus alunos, procure instalar sua academia em um local que seja de fácil acesso a essas pessoas. Além de facilitar a adesão de novos clientes, você poderá redefinir sua margem de lucro.

Afinal, a localização e o público-alvo são fatores que vão te ajudar a precificar planos para academia. Alguns lugares pedem serviços mais baratos e menos modernos, já outros pedem serviços modernos e equipamentos mais inovadores (consequentemente os preços serão mais elevados).

Também é importante conhecer seu público para entender qual será seu posicionamento, se será uma academia:

  • Fitness;
  • Wellness;
  • Com foco em lutas;
  • Com serviços exclusivos.

Dessa forma, você será capaz de ofertar aquilo que seu público-alvo procura.

5. Métodos de cobrança

Você já sabe como precificar planos para academia de forma assertiva, agora é preciso divulgá-los ao seu público-alvo. Embora os métodos de cobrança não sejam uma preocupação inicial de empresários do ramo fitness, é fundamental para reduzir a inadimplência, manter a taxa de renovação de matrículas e agregar valor aos serviços ofertados.

Você pode optar por pagamentos em boleto bancário, parcelamentos no cartão ou recorrência, um método que não toma o limite do cartão de crédito do cliente e te dá a garantia de que a mensalidade será paga na data prevista. Ideal para alunos que não querem pagar todos os meses em boleto, além de garantir uma previsão de lucros muito mais precisa para sua academia.

Outro fator que você deverá se manter atento na hora de precificar planos para academia são os reajustes na tabela de preços. Em muitos casos, são necessários tanto para manter a competitividade, quanto para que o negócio continue existindo.

Entretanto, informar os alunos sobre esse aumento pode ser um momento crítico e deve ser feito de forma correta. Você pode aproveitar os meses de sazonalidade (janeiro e agosto), para contatar seus alunos sobre os reajustes e propor condições especiais para a renovação da matrícula.

No começo, pode ser que você não atinja a margem de lucro especulada e, para que isso aconteça, a melhor forma é oferecer aos seus clientes tudo o que eles precisam e procuram. Fique atento ao mercado e aplique novos conceitos e serviços (principalmente se seus concorrentes ainda não fazem isso).

Mas lembre-se de levar em consideração cada um desses pontos na hora de precificar planos para academia e boa sorte!

banner ebook academia

Sobre o autor

Redação Vindi
A Equipe de redação Vindi é formada pela área de sucesso do cliente, marketing, financeira e vendas. Todo mundo contribui para que você fique informado sobre tudo em assinaturas, pagamento on-line e Saas.

Você vai gostar também

Like a Boss – Edgard Corona, a mente do maio... Edgard é o principal nome do segmento fitness no país. E não somente isso, é o comandante do grupo Bio Ritmo & Smartfit que com 480 academias, fat...
e-Learning – Mercado Brasileiro 15 anos de internet no Brasil. E o crescimento não é somente visualizado em ecommerce e redes sociais. O e-Learning, ou EAD (Ensino à Distância) como ...
Let’s talk Vindi com Junior Crocco (Fitness ... No Let's talk Vindi com Junior Crocco batemos um papo com nosso cliente e parceiro, fundador do Fitness Digital e do Leads 3X. Vale muito entender ...
ClassPass recebe aporte de US$ 70 milhões da inves... O serviço fitness por assinatura americano ClassPass anunciou em nota à imprensa, no dia 16 deste mês, o recebimento do aporte de US$ 70 milhões da Te...

A Equipe de redação Vindi é formada pela área de sucesso do cliente, marketing, financeira e vendas. Todo mundo contribui para que você fique informado sobre tudo em assinaturas, pagamento on-line e Saas.