O início de Maio, ao contrário do que muitos pensavam, se mostrou promissor para alguns segmentos, segundo dados do Vindi Insights. Analisando dados dos dias 03 à 09 de Maio, com o mesmo período de Abril, o resultado agrada a maioria dos setores. 

Com a quarentena prorrogada no estado de São Paulo até o dia 31 de Maio, o desempenho das empresas continua sendo incerto. Mas, se acompanharem os resultados do início do mês, como mostraremos aqui, a expectativa é de grande reação e, porque não, reinvenção de vários segmentos. 

Alguns estados do país seguem em distanciamento social, como sugerido pela Organização Mundial da Saúde para o combate ao novo Coronavírus. Entretanto, em estados como Pará, Ceará e Maranhão, algumas cidades já começam a operar em lockdown. Ou seja, uma versão mais rígida do isolamento onde a circulação nas ruas só é permitida em casos específicos e necessários. 

Com esse confinamento mais rígido, que pode se estender para outros estados do país, a tendência é que os consumidores continuem a buscar (ainda mais) soluções online para suprir suas necessidades básicas. Por isso, empresas que já possuem natureza digital continuam a ter um desempenho melhor frente à crise. 

Confira, no Insights de hoje, como esses segmentos se comportaram em mais uma semana de quarentena e isolamento social e quais os setores que continuam em queda.

TPV – total transacionado cresce

No período entre 03 e 09 de Maio foi registrado um aumento de +35% no volume total transacionado dos clientes Vindi, quando comparado ao mesmo período de Abril. Com essa variação otimista, comparada até mesmo com as últimas semanas do último mês, o aumento do TPV se deve, especificamente, a um bom resultado do setor de educação.

Mas, não foi só o valor transacionado que aumentou na primeira semana de Maio. O número de transações também cresceu, chegando à 7% no período de 03 à 09 deste mês, comparado ao mesmo período de Abril. 

Para fazer esta análise, o time de Analyticts da Vindi levou em conta as transações realizadas pelos nossos mais de 6 mil clientes. Dentre os métodos de pagamento utilizados, estão cartão de crédito e boleto bancário, sejam em compras recorrentes ou pontuais.

Segmentos em queda são minoria no início de Maio

Fitness

Pela sexta semana seguida, o volume transacionado do segmento fitness está em queda (e já encolheu pela metade), chegando a -21% quando comparado ao mesmo período do mês de Abril. 

A semana em análise, de 03 à 09 de Maio, teve um TPV inferior 55% em relação à primeira semana de Março, que foi o melhor resultado até o momento. Este é um dos segmentos mais afetados pela crise, uma vez que as academias e estúdios seguem fechados. 

Insights de Maio: gráfico do segmento Fitness

Serviços Financeiros

Inesperadamente, o segmento teve uma queda no período analisado, chegando a -11% no comparativo entre Abril e Maio. Nas últimas quatro semanas, o setor esteve em alta crescente, impulsionado pela grande busca da população por educação financeira no período de crise. 

Gráfico serviços financeiros

 

Insights no limbo

Educação

O segmento de Educação teve uma performance surpreendente na última semana, chegando a crescer seu TPV em + 110%. Entretanto, este número alto foi resultado de uma ação realizada por um dos clientes Vindi, que inovou em sua estratégia e conseguiu aumentar não só os números de transacionados, mas o valor também.

Entretanto, o segmento de Educação, na Vindi, teria uma queda de -3% se não contássemos os números desta ação específica. Aqui, é importante destacar como a realização de ações inovadoras, diferentes das que as empresas estavam acostumadas a fazer, pode ajudar os segmentos a terem um desempenho melhor diante da crise. 

Segmentos com performance e insights de fazer inveja

Seguradoras

O setor teve um crescimento bem tímido na última semana, de +1%. No comparativo do Vindi Insights entre o mês de Abril e Março, a queda foi de -38%, o que transforma esse 1% em uma grande vitória para o setor. 

Gráfico seguradoras

Estética e beleza

Mantendo a tendência das últimas semanas, Estética e Beleza continua crescendo discretamente. No comparativo entre 03 à 09 de Maio, com o mesmo período de Abril, o aumento foi de +4,6%.

A recuperação do setor pode estar atrelada à adaptação das empresas à crise, através da criação de planos com pagamento antecipado e, até mesmo, serviços de delivery. Para reagir, o segmento investiu em descontos e na adaptação do serviço para os clientes. O que, até agora, se mostrou eficaz. 

Insights de estética e beleza

SaaS 

Mais uma vez o segmento de SaaS e Software se mostra resiliente frente aos efeitos da crise, com um crescimento de +5.6% no comparativo entre as semanas de Abril e Maio.

A natureza online e recorrente faz com que o segmento SaaS tenha um se adapte melhor em épocas de crise. Pela facilidade do pagamento e o consumo constante dos serviços, as empresas SaaS possuem grande vantagem de recuperação. 

Gráfico SaaS

E-commerce

Assim como nas últimas semanas, o segmento inicia o mês de Maio em alta: +23% quando comparado com o mesmo período de Abril. Entretanto, a semana que antecedeu o Dia das Mães  ainda teve um crescimento menor do que o da semana anterior, que foi de 30%. O que pode ser justificado pela antecipação da compra dos presentes, uma vez que a logística de entrega também foi levada em conta para que o produto chegasse antes da data comemorativa. 

Insights e-commerce

Clubes de Assinatura

Na contramão da crise, o segmento de Clubes continua a contrariar a tendência de queda do restante da economia, começando Maio com um crescimento de +23%

Em sintonia com os serviços SaaS, a natureza digital dos Clube de Assinaturas continua a impulsionar a performance do segmento durante o período de isolamento social. Dada a recorrência dos Clubes, é possível que a crise da COVID-19 deixe impactos positivos no setor, mesmo após a reabertura do comércio.

Gráfico Clubes de Assinatura

Turismo e Hotelaria

No comparativo entre os dias 03 e 09 de Maio, com o mesmo período de Abril, o setor de Turismo e Hotelaria cresceu +30%. Entretanto, esse crescimento ainda é inexpressivo perante a queda acumulada de 75% nas últimas semanas. Ou seja, mesmo com o crescimento pontual na semana, o TPV do setor ainda é ¼ do seu tamanho na primeira semana de Março, antes do isolamento começar.

Insights Turismo e Hotelaria

Saúde

Com o maior TPV registrado no período, crescendo  +100%,  o setor da Saúde mostrou uma recuperação impulsionado pelos laboratórios. Esse crescimento logo no início do mês compensa a performance ruim das clínicas médicas e odontológicas até o momento. 

Gráfico saúde

Mais informação, mais Insights

Mais uma semana de isolamento e incertezas para as empresas. Como pudemos notar,  no Vindi Insights de hoje, a natureza online dos negócios, aliada à uma forma mais fácil de pagamento, como  recorrência, contribui para um bom desempenho de alguns segmentos. Da mesma forma, buscar por alternativas inovadoras pode fazer com que a sua empresa conquiste novos clientes e aumente o valor transacionado. 

Quer saber como anda o desempenho dos segmentos nas próximas semanas e receber conteúdos exclusivos para ajudar a sua empresa a vender mais e sempre? Então, inscreva-se na Newsletter da Vindi! Toda a semana, vários insights para você! É só clicar na imagem abaixo

banner newsletter blog

 

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.