Receba no seu e-mail as principais matérias publicadas no Blog Vindi

Tag

vinil

Browsing

O Spotify cresceu 50% em menos de 12 meses, é o que eles próprios disseram no blog da empresa. Estou falando de milhões de assinantes. Quase 5 milhões de assinantes em exatos 8 meses. Isso significa que a promoção de R$4,99 que eles fizeram em Novembro/14 deu certo. Eles mexeram bastante com a audiência da concorrência anunciado:

Três meses por apenas R$4,99. Passado esse período o valor seguiu o preço normal: R$14,90.

spotify
Reprodução da promoção supra citada. (Foto: Spotify)

Não foi publicado o número de conversão desse efeito R$4,99, porém dá para se ter uma ideia, qual impacto isso teve. Alguns números também chamam a atenção para esse evento: na Europa, nesse mesmo mês da promoção, o Spotify conseguiu superar o iTunes em vendas.

Spotify como benchmarking para trial e promoção!

O mercado de assinaturas e seus empreendedores, devem pensar diariamente na escala. Esse na verdade é um grande desafio do mercado de subscription como um todo: plataformas SaaS, aplicativos, serviços e até produtos. Taí o Spotify para ilustrar um bom case que assinaturas também demanda teste e uma boa promoção.

– 80% dos assinantes ativos, começaram com o trial. O que de fato funciona muito bem para esse tipo de modelo de assinatura.

No episódio de 03 de novembro, em que a cantora Taylor Swift retirou o álbum alegando baixa remuneração do app, o Spotify tinha 12,5 milhões de assinantes. Isso dá base para concluir que a promoção funcionou e bem!

– Impacto possível da promo = de 11/11/2014 até o dia 12/01/15, o aplicativo cresceu cerca de 2,5 milhões de assinantes. Em apenas 60 dias, o que dá 41.000 assinantes por dia.

– Calculando o investimento de oferecer o trial + promoção, a receita calculada para essa manobra é de R$12,5 milhões de vendas recorrentes. Que vai se confirmar em R$37,2 milhões de receita recorrente, pós promoção. Em apenas 60 dias.

Embora eu não acredite que tenha sido um teste (tem nego do Napster lá), a mensagem para qualquer tipo de assinatura é: vale a pena testar esse modelo de conversão, independente do serviço. E também acredito que “negócios de assinaturas” podem ter um bom caminho nos descontos por períodos, afim de aumentar a conversão ou antecipar a entrada de clientes.

Pergunta que faço: se o cliente pode entrar hoje e/ou amanhã: por que não garantir hoje a entrada dele, mesmo que a um custo maior?

Outro dado importante: no Deezer, 37% da base é assinante (6 milhões de assinantes – 16 milhões de usuários), enquanto que no Spotify o número cai para 25%. Além de divulgar os números oficiais de 15 milhões de assinantes, o aplicativo também anunciou que atingiu 60 milhões de usuários ativos, o que também impressiona.

O Spotify e o Vinil

Apenas os formatos de streaming e disco de vinil crescem nos EUA, quando falamos em música. São dados da consultoria Nielsen. O serviço de streaming por exemplo, cresceu cerca de 54% no último ano capitaneados pelo nosso ator principal, pelo Deezer, Rdio e outros serviços, enquanto a venda de vinil cresceu cerca de 50%.

O Spotify nasceu com o intuito de ser um grande organizador de streaming e acabou se tornando um grande tocador de música, a maior vitrola digital em cloud que se teve notícia.

economia da recorrencia

Fonte: https://news.spotify.com/us/2015/01/12/15-million-subscribers/