Não há mais dúvidas que o segmento de chocolates e doces será impactado nessa Páscoa pelo novo Coronavírus no Brasil.

Ainda é difícil prever números e resultados do setor, mas os supermercados estão cheios de ovos empacados, o que não era esperado no começo do ano.

Além disso, pequenos e médios empreendedores estão sofrendo muito mais com essa crise, já que grandes marcas brasileiras, como a Cacau Show, já estão estabelecidas com o e-commerce.

Inclusive, segundo o presidente Alexandre Costa, a Cacau Show investiu mais de R$ 35 milhões na produção e, antes do Coronavírus, estimava um crescimento de 15% em relação a 2019.

Dessa forma, neste post, falaremos sobre estratégias de como você, empreendedor, pode aproveitar ao máximo essa época do ano. É hora de usar a criatividade e ter as ferramentas certas em mãos para garantir seu faturamento.

Como o mercado está reagindo nesta Páscoa

No começo de 2020, o segmento de chocolates e doces, em geral, já estava a todo vapor. E, mais do que isso: a maior parte da produção das grandes empresas já haviam começado há, no mínimo, seis meses.

Entretanto, os pequenos e médios produtores se planejam para a Páscoa com apenas alguns meses de antecedência. Enquanto a preocupação das grandes marcas é com os prejuízos de todo o valor investido, as dores dos pequenos e médios estão relacionadas com a sobrevivência do negócio.

Só no mês de março, estima-se um crescimento de 80% nas redes de supermercados. Contudo, esse crescimento não chegou ao setor de doces, já que a prioridade do comportamento de consumo está atrelada a bens essenciais e não perecíveis.

Por isso, as empresas precisam se reinventar se quiserem continuar vendendo sem o ponto físico. E, a poucos dias da comemoração, já percebemos movimentações interessantes que ilustram bem esse cenário.

Case Outback e a Páscoa

O Outback foi uma das primeiras empresas a se movimentar nesse período. E, antes que você pense que eles não são uma empresa conhecida pela produção de ovos, o restaurante apostou na Páscoa depois do sucesso de vendas em 2019.

Recentemente, eles anunciaram a doação de 13.600 ovos da marca para pequenos mercados que estão sendo impactados pela crise. O objetivo, segundo eles, é que os mercados vendam os ovos e revertam 100% do valor arrecadado para o próprio negócio.

doacao-pascoa-outback
Reprodução: Instagram Outback

Além disso, mais de 6 mil ovos serão entregues nos seguintes hospitais em São Paulo:

  • Hospital Municipal Moysés Deutsch (M’Boi Mirim);
  • Hospital Municipal da Vila Santa Catarina;
  • BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Nesta segunda ação, o objetivo é levar alegria e esperança para os profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate a essa epidemia.

Se você tem um mercado ou conhece alguém que tenha um pequeno comércio, basta enviar um e-mail para conteconosco@outback.com.br ou um WhatsApp para o número (11) 94539-6057 solicitando a participação na campanha.

Este é apenas um exemplo das mobilizações da Páscoa em um cenário tão atípico quanto o que estamos vivendo. Portanto, nas próximas linhas, daremos cinco dicas para te ajudar a vender nessa época do ano, em meio a tantos desafios pela frente.

5 dicas para ajudar sua empresa a vender na Páscoa

Se você estava com a segurança e a garantia do ponto de venda físico, agora é hora de pensar em como a internet pode te ajudar a recuperar o tempo de portas fechadas.

Afinal de contas, não é porque o seu negócio está fechado que você precisa deixar de vender!

1. Aposte no delivery

Os aplicativos de delivery de alimentação e serviços estão crescendo muito desde que a crise do Coronavírus se instalou no Brasil. Mas, o processo de admissão desse serviço não é automático, e pode ser um grande desafio para quem está começando agora.

Por isso, o momento é fundamental para conversar com outras empresas que já têm delivery bem estabelecido e podem indicar “o caminho das pedras”. Além disso, muitos aplicativos também oferecem ajuda no início da contratação, para deixar esse momento o mais simples possível.

O importante agora é pensar na logística e em quais fatores são decisivos para começar um delivery: quantos entregadores são necessários? Qual o valor da entrega? Qual a área de cobertura? Pense bem nessas questões antes de começar.

2. Ofereça promoções imperdíveis

Ofertas relâmpago, combos dos seus produtos mais vendidos e promoções que façam sentido para seu público-alvo são uma boa estratégia para quem quer se destacar na Páscoa.

Da mesma forma, montar kits para crianças também pode ser uma boa saída, já que os pais e familiares sempre priorizam os pequenos nesta época do ano.

3. Faça parcerias com influenciadores

Com a crise do novo Coronavírus, vários influenciadores digitais começaram a se mobilizar para ajudar pequenos negócios e divulgar seus trabalhos nas redes sociais.

Portanto, esse é o momento ideal para entrar em contato com alguns deles e, se possível, enviar seus produtos como presente para serem mostrados na vitrine das redes sociais.

4. Venda em multicanais

Ter um site ou um e-commerce pode te ajudar muito na hora de vender pela internet. Contudo, sabemos que o momento não permite investimentos em desenvolvimento e tecnologia da informação para muitos empreendedores.

Se este é o seu caso, invista nas redes sociais e venda seus produtos por onde conseguir! WhatsApp, Instagram, Facebook e Telegram são alguns exemplos de redes onde seu negócio pode atuar.Mas, o importante agora, é que você pulverize ao máximo a sua visibilidade.

E agora, você pode me perguntar:

“Ok, eu até posso divulgar meu trabalho nas redes, mas como finalizo uma venda, se não tenho um site e não posso pagar por um?”

É isso que nos leva para a última dica deste post!

5. Use o link de pagamento com alternativa às maquininhas tradicionais

Vender seus produtos pelas redes sociais não é mais uma questão de tendência, mas de necessidade. Além disso, vender em multicanais garante que mais pessoas vejam sua empresa, o que aumenta ainda mais as chances de conversão.

E, uma ferramenta que pode garantir que suas vendas sejam concluídas com segurança e rapidez, é o link de pagamento. Com ele, você não precisa ter um site ou um e-commerce, e consegue se conectar com seus clientes sem precisar sair de casa.

Isso porque ele funciona como uma maquininha, só que digital. Você processa sua venda por boleto ou cartão de crédito, e seu cliente sabe que pode confiar no seu negócio!

Aqui na Vindi, nós temos a solução mais robusta e segura do mercado, e contamos com essa ferramenta para te ajudar nessa Páscoa. Portanto, clique no banner abaixo e fale com um dos nossos consultores para contratar o link de pagamento agora mesmo!

Boas vendas!Páscoa e link de pagamento Vindi