Mais de 200 MIL PESSOAS sabem como vender mais e sempre.

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.

O sistema bancário utiliza um formato padrão para receber e enviar informações digitalmente. Atualmente existem dois tipos mais comuns de arquivos dentro do padrão FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) o CNAB 240 e o CNAB 400. CNAB é a sigla de Centro Nacional de Informação Bancária. É a FEBRABAN a única responsável por determinar o formato do texto com colunas definidas. No entanto, o formato pode variar de banco pra banco.

O que é o CNAB 400 e para que ele serve?

Para o envio de informações alguns bancos usam as normas do CNAB 400, outros usam CNAB 240, e outros ainda usam ambos os formatos. Esses arquivos são usados para intercambiar informações entre a rede bancária e o cliente. Entre as informações trocadas podemos citar: contas receber, contas a pagar, conciliação bancária e custódia de cheques. Cada um desses produtos possui um fluxo de informação diferente e portanto, um layout diferente.

O CNAB 400 permite que clientes e bancos tenham acesso a uma interface de informações por meio de arquivos em formato digital. Os bancos usam o formato de arquivo CNAB 400 para trocar digitalmente informações com seus clientes para uma variedade de produtos e serviços. Esses arquivos têm um formato fixo de texto com colunas definidas pela FEBRABAN. Cada banco tem suas próprias variações dentro do padrão. O formato FEBRABAN difere para vários produtos e serviços. A norma apresenta detalhadamente cada produto ou serviço disponível e o contexto em que eles ocorrem, identificação da origem das entidades e o destino de cada fluxo de troca de informações.

Qual a diferença entre o CNAB 400 e o CNAB 240?

As transações bancárias permitem diferentes tipos de layouts de acordo com cada tipo de transação bancária e instituição. Como o arquivo possui um formato padrão, o arquivo muda pouco de banco pra banco. Os dois tipos de arquivo CNAB de acordo com o padrão FEBRABAN são:

CNAB 400: O CNAB 400 usa uma quantidade limitada de informações correspondente a 400 posições. O CNAB 400 se utiliza do serviço de cobrança simples e garantida, não permitindo o serviço de banco correspondente. Permite o serviço de postagem de títulos em serviços de Protesto e pelos Correios.

CNAB 240: O arquivo CNAB 240 usa uma quantidade maior de informações. Essas informações são disponibilizadas em 4 segmentos de 240 posições dentro do arquivo. O layout do CNAB 240 permite serviço de Custódia e Protesto de Cheques, agendamento para o pagamento de título e pagamentos de contas.

Os principais bancos utilizam os seguintes formatos de arquivo:

Banco do Brasil: CNAB 400 e 240

Bradesco: CNAB 400 e 240

Caixa Economica Federal: CNAB 400 e 240

Itaú: CNAB 400 e 240

Santander: CNAB 400 e 240

HSBC: CNAB 400

Banco Mercantil: CNAB 400

Banrisul: CNAB 400

Banestes: CNAB 400

Nossa Caixa São Paulo: CNAB 400

Bic Banco: CNAB 400

Safra: CNAB 400

E você, tem preferência por algum formato de arquivo? Comente com a gente!

Author

Fundador e CEO da Vindi, plataforma líder em recorrência e criador do maior evento de empresas SaaS e Assinaturas do país, o “Assinaturas Day”.