O maior clube de assinatura de produtos do mundo, o Dollar Shave Club acaba de anunciar a venda do clube para a Unilever. Valor? U$1 bilhão.

O anúncio foi feito pela Unilever e pelo próprio clube.

Os valores não foram divulgados oficialmente, mas tanto a Fortune, como Techcrunch e Recode informaram o valor de U$1 bilhão. Incrível essa marca, especialmente para o mercado de assinaturas.

dollar shave club

A lâmina bilionária do DSC. Foto: Reprodução Dollar Shave Club

Fundada na Califórnia em 2011, o Dollar Shave Club é o maior case de assinaturas de produtos do mundo. Com uma estratégia comercial agressiva de humor, especialmente em vídeos, o clube e seu fundador Michael Dubin (como protagonista na maioria das peças publicitárias), inauguraram juntos, uma nova forma de fazer e-commerce. Com cerca de 3 milhões de assinantes de lâminas de barbear, o clube já tem presença em 3 países: Canadá, USA e Austrália.

O maior clube de assinatura de produtos do mundo

Os 3 milhões de assinantes da empresa, projetavam o crescimento do faturamento para U$200 milhões esse ano. Esse foi inclusive um chamariz para a aquisição do clube pela gigante Unilever, que ampliará substancialmente sua atuação no mercado masculino, com receita já recorrente projetada. O clube espera entrar em outros países com essa aquisição. Agora uma pergunta minha: será que esse “deal” foi negociado também com a Procter & Gamble, que é dona da Gillette?

O fundador Michael Dubin continuará na operação como principal executivo. Tomara que agora ele tope fazer com a gente o próximo Assinaturas Day. Já o convidamos duas vezes:)

Ótima notícia para clubes de assinatura, especialmente os de produtos.

economia da recorrencia

Você vai gostar também

Assinaturas Day – Resultados do Evento No último dia 29 de outubro, rolou a primeira edição do Assinaturas Day. Realizado no prédio do IBEF (Instituto Brasileiro de Executivos Financeiros),...
Pagamento on-line: desafios para SaaS e clubes de ... Opa, voltei para escrever um post simples, mas com um grande valor para quem está pensando que pagamento é commodity ao criar um negócio de assinatura...
Gilette entra no mercado de assinaturas Uma prática que vem ganhando cada vez mais espaço no cenário internacional é a oferta de produtos por assinatura. A ideia de “assinar” a sua cervejinh...
Como conseguir os primeiros 1000 assinantes Muitas vezes, um serviço oferecido pode ser promissor, mas tendo o seu número de assinaturas estagnado, colocará em risco o futuro do negócio. O pior ...