Nova tendência no mundo online, o marketplace é uma ótima ideia para quem quer vender algo, mas ainda não tem um ambiente virtual para disponibilizar o produto para seus clientes, como um site, por exemplo. Apostar nesse modelo de negócio é uma excelente opção, já que o investidor não precisará ter muitas preocupações com detalhes como estrutura física, por exemplo, que pode desencadear custos a mais no planejamento, com despesas como aluguel. Interessou-se pelo assunto e quer montar um shopping online, mas não sabe por onde dar o primeiro passo?

Veja a seguir as nossas dicas de como montar um marketplace e comece um negócio de sucesso o quanto antes! Nossas dicas vão tornar você um vendedor reconhecido em seu ramo!

Tenha um modelo simples de negócio

Quando lidamos com um mercado em que existem dois lados, no caso clientes e lojistas, fornecer serviços básicos é a melhor forma de atender com qualidade as necessidades de cada perfil. Ofereça a ambos recursos e ferramentas simples, e pouco a pouco solicite novas utilidades para atender prontamente a todas as demandas dos dois públicos. Esse é o melhor jeito de começar um negócio sem muito investimento, mas que se desenvolve ao longo do tempo.

Experiência de usuário

Ao montar seu marketplace pense em tudo que garanta uma excelente experiência do usuário. É necessário entregar uma experiência de valor para o cliente, para que o mesmo, além de acessar o shopping online, indique o marketplace para os colegas. É preciso que essa experiência seja a melhor possível. E isso pode se tornar realidade com diferenciais como oferecer várias formas de pagamento dentro da plataforma, proporcionar mais segurança para o cliente na hora das compras, agilizar as etapas de fechamento da compra, entre outras ações com o objetivo de favorecer o consumidor.

Invista em uma boa integração tecnológica

Uma questão muito importante quando falamos em montar um marketplace é quanto à integração tecnológica. A mesma não pode ser um obstáculo em nenhum momento, e sim seguir em sintonia junto com o público da plataforma para atender a todas as demandas. Portanto, a tecnologia deve garantir a segurança dentro do marketplace, além de proporcionar praticidade em cada etapa da compra, para não frustrar o cliente. E isso envolve sistema antifraude, integração das formas de pagamento, registro de compras, entre outros pontos que não podem ser deixados de lado.

Agregue valor aos produtos

Por se tratar de um ambiente de compras em que as lojas expõem os produtos, e em alguns casos eles podem ser idênticos, é muito importante que os lojistas agreguem o devido valor às suas mercadorias. Nesse tipo de plataforma, ter um diferencial é fundamental para garantir mais sucesso nas vendas. Lembre-se que para o consumidor o preço se torna um fator secundário quando a loja trabalha o diferencial, com questões como bom atendimento, entrega rápida, boas descrições de produtos, entre outros detalhes.

O marketplace é um negócio que está cada dia mais presente no universo web, e apostar nesse modelo de mercado é uma forma inovadora de superar a crise atual com criatividade. E o melhor de tudo é que você descarta despesas como equipe grande de funcionários ou locação de lugar físico para a venda dos produtos. E você, já pensou em lançar um shopping virtual? Conta pra gente!