Como manter sua empresa ativa nos próximos anos

“font-weight: 400;”>Hoje vamos abordar um assunto muito importante que, infelizmente, poucas organizações dão importância: Segurança da Informação.

Quando falamos de Informação, tratamos do principal ativo de uma empresa e esse assunto tem que ser levado a sério! Ela representa a base de todo o desenvolvimento em uma organização e sem isso não conseguimos chegar a lugar algum.

Da mesma forma que conseguimos grandes avanços por meio da informação, o uso indevido desta permite também a causa de grandes prejuízos para as empresas em geral.

É por meio do uso indevido da informação que organizações vão à falência, a exemplo da tragédia no World Trade Center, quando uma bomba explodiu na garagem de um dos prédios em 1993 e resultou na falência da maior parte das empresas por perderem toda a base de dados.

Outro exemplo foi do mercado de ações norte-americano Nasdaq que foi invadido por cinco hackers que desviaram mais de 160 milhões em dólares de cartões de crédito e débito de mais de 800 mil contas distintas. E dentre essas existem muitas outras que foram afetadas por ataques, fraudes e falta de segurança.

Imagine o impacto financeiro que essa empresas tiveram com esses ataques inesperados ou até mesmo as empresas que não resistiram e tiveram que fechar as portas.

Agora, questiono você:

Quanto valem as informações da sua empresa?

Você estaria disposto a passar por tudo o que as empresas que estavam vulneráveis e expostas passaram, como a Nasdaq e as empresas que estavam na World Trade Center?

Acredito que não.

Então, confira algumas dicas de prevenção e segurança para não gerar perdas na sua empresa.

Dicas de prevenção e segurança

Ferramentas

Antes de tudo, utilize mecanismos e ferramentas que foram desenvolvidos para proteger informações. Nesse momento não tenha medo de investir em recursos bons de tecnologia, que vão desde soluções lógicas e físicas que irão garantir um alto grau de segurança aos dados.

No entanto, todos esses mecanismos desenvolvidos são operados por seres humanos, que têm acesso a muitas informações confidenciais e que, muitas vezes, não garantem a segurança e podem tornar essa informação pública.

Treinamento

Nesse caso, temos um grande investimento em recursos tecnológicos e uma grande falha pela parte do usuário, que quando não for bem instruído pode gerar reparos irreversíveis para organização.

Por isso, treinar isso e levar isso como cultura para dentro da empresa é primordial, orientando sempres todos os colaboradores sobre a maneira correta de armazenar, manipular, organizar, transmitir e acessar qualquer tipo de informação.

Deve-se educar os colaboradores, mostrando a importância da informação dentro de uma organização e quais são os riscos possíveis quando organizações e pessoas estão expostas.

>> PCI: por que sua empresa deveria ‘se preocupar’ com essa sigla

Políticas de segurança

Elaborar a Política de Segurança da Informação (PSI) na empresa, é importante. Nela deve conter um conjunto de normas, regras, métodos e procedimentos que irão manter e melhorar a gestão da segurança das informações e garantir a confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações.

É imprescindível também que os usuários aprendam sobre a importância do cumprimento da PSI e fortaleçam as boas práticas de comportamentos com os colaboradores, através de campanhas de conscientização e treinamentos.

Portanto não espere o pior acontecer! Invista em segurança, dando mais tranquilidade à sua organização e a sua equipe de TI, impedindo que você seja mais uma vítima no mercado e caia no limbo das empresas que falem ou são fortemente impactadas por falhas de segurança.

 

Você vai gostar também

SaaS – Software as a Service Um dos maiores sistemas de entrega de Software do mundo atual, o modelo de SaaS - Software as a Service - ou simplesmente Software como Serviço, é a d...
Qual vai ser o futuro do trabalho diante da tecnol... A tecnologia nunca se transformou de forma tão rápida como vemos nos últimos anos. Com isso, muitos processos que antes precisavam do humano, passaram...
Gateway ou Subadquirente? Essa é uma dúvida frequente por parte dos empreendedores que querem vender pela internet. Quando pensam em começar a planejar seu ecommerce ou serviço...
Qual é o futuro do pagamento? Entenda as principai... Se há alguns anos alguém lhe dissesse que o futuro do pagamento envolveria o reconhecimento da nossa íris ou mesmo roupas inteligentes o suficiente pa...